• Santa Maria Produções
  • Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
  • Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo
  • Beneficência Portuguesa - SP
  • Editora Boa Nova
  • Roupalhaço - Macacão e boinas
  • Fernanda Martins - Ilustradora
  • Hospital Regional Sul
  • Hospital Santana
  • Hospital do Servidor Público Municipal
  • Évora Seguros
  • Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia - IDPC
  • Promopress gráfica
contato@soulalegria.com.br Facebook
31/08/2106

Cantando e Dançando | Dra. Spuletta, Dra. Rapadura e Dra. Florisbela

Sr. Pedro foi um atendimento pra lá de especial para o trio Spuletta, Rapadura e Florisbela. O primeiro atendimento delas foi de muita festa, bagunça, dança e cantoria.

Pedro é um senhor de 81 anos, mineiro, que mora em São Paulo há muitos anos. Ele estava acompanhado de sua filha Lúcia (muito paciente e carinhosa com o pai). Sr. Pedro tinha dificuldades para falar, mas Lúcia sempre repetia o que o pai havia falado para reforçar a história.

Ele contou que sempre gostou de dançar e nos tempos em que morou em MG (ainda jovem), adorava ir para os bailes tirar as mulheres para dançar (um verdadeiro pé de Valsa). Lúcia ainda contou que o pai sempre gostou de música, e que aos 65 anos foi fazer aula de piano (e conseguiu aprender 2 músicas). Como o papo estava em torno de música e dança, sua filha deu a ideia do trio cantar uma música para seu pai. Ele mencionou o nome de uma música, mas como era muito antiga e ninguém conhecia, deram a ideia dele cantar. Ele se animou tanto, que deu uma engrossada na voz e começou a cantar. Spuletta rapidamente, tirou Lúcia para dançar, e a Rapadura tirou a Florisbela. Quando elas olharam para a porta do quarto, as enfermeiras do andar estavam alucinadas tirando fotos e mais fotos, “nos sentimos uma celebridade” comenta Florisbela, e o clima no quarto era de muita alegria.

Terminado a cantoria, Sr. Pedro recordou-se de uma outra música que ele cantava em MG, que se chama “Luzes da Ribalta”, começou a cantar a outra música e aí a Florisbela percebeu que conhecia a música (seus pais Cravo e Canela cantavam essa música em Campos Floridos) e então, ela pôs-se a cantar junto com Sr. Pedro. Terminando a canção, Sr. Pedro e Lúcia estavam emocionados. Lúcia ainda agradeceu o trio pela atenção dada ao pai dela naquela manhã.

Nem preciso dizer que esse trio saiu do quarto com a energia renovada para atender o quarto seguinte... 

 

*Os nomes mencionados no texto são fictícios*

Home Agenda Quem Soulmos Nossa Missão Doutores O que nos inspira Na Mídia Fotos Vídeos Soul Eventos Projetos Contato Parceios Santa Maria Produções contato@soulalegria.com.br
Quem Soulmos Nossa Missão Doutores